Utilizando pinos digitais do Arduino para enviar sinais

Olá a todos,

nesse post mostraremos o uso dos pinos digitais do Arduino para enviar sinais para nossos circuitos. Montaremos o circuito na protoboard e escreveremos um código semelhante ao exemplo blink que acompanha o IDE do Arduino. Ou seja esse pequeno projeto acenderá ou apagará um led a cada um segundo.

O primeiro passo é montarmos o circuito, portanto coloque o led na protoboard. Note que um dos terminais (também chamados perninhas) é maior que o outro, indicando o lado correto que o componente deve ser ligado. O terminal menor deverá ser ligado no terra que é um dos pinos da placa com o nome GND (ground) com o uso de um cabo macho-macho como na imagem abaixo:

Iniciando circuito com led e terra
Iniciando circuito com led e terra

Em seguida precisamos ligar um resistor no led, como na figura abaixo. O resistor evita que ocorra um curto-circuito na placa e a queime inutilizando permanentemente, pois o led não apresenta resistência substancial. Em seguida ligue o resistor a um pino digital da placa (os pinos com nomes que vão de 0 a 13). Nesse ponto temos nosso circuito montado.

Circuito montado
Circuito montado

As imagens abaixo descrevem o circuito através de um diagrama elétrico e de um modelo de feito no 123d.circuit.io:

Diagrama elétrico do projeto
Diagrama elétrico do projeto
Modelo do circuito
Modelo do circuito

O próximo passo é escrevermos o sketch (código que roda no Arduino): acesse seu IDE, selecione o menu File -> New para criar um novo arquivo com o modelo de um sketch vazio.

No sketch vazio declare uma constante que indique qual pino da placa o nosso circuito está ligado. Constantes são valores que não podem ser alterados durante a execução do código e são declaradas com a palavra-chave const. Indicamos um pino do Arduino em nossos programas através de números do tipo inteiro (int). A imagem abaixo mostra a declaração da constante que indica em qual pino o led está conectado:

Iniciando o código
Iniciando o código

O próximo passo é configurarmos o pino utilizado através da função pinMode para o pino para enviar sinais. Indicamos o pino que o pino enviará sinais para nosso circuito utilizando a constante OUTPUT.

Agora escreveremos a função loop que conterá o que o programa deve fazer, nesse caso faremos o led acender e apagar a cada 1 segundo.

Para acender o led devemos fazer com que o pino conectado a ele esteja no estado conhecido como HIGH. Nesse estado o pino apresenta 5V (em relação ao terra), circulando corrente pelo resistor e pelo led. Para deixarmos o pino conectado ao led como HIGH utilizamos a função digitalWrite. Essa função recebe como parâmetros o pino que terá o valor alterado e o novo valor do pino. Para aguardar um segundo utilizaremos a função delay.

Em seguida alteraremos o estado do pino para o estado LOW também com a função digitalWrite. Nesse estado o pino apresenta 0V (sempre em relação ao terra) e a corrente para de circular pelos componentes eletrônicos apagando o led.

Chamaremos novamente a função delay para esperar mais um segundo. Caso não coloquemos essa linha o led apagará e a função loop será encerrada. Porém como a mesma função será chamada novamente o led acenderá e tudo ocorrerá tão rápido que não veremos o led apagar.

Código completo do projeto.
Código completo do projeto.

Nesse ponto temos nosso programa pronto e podemos transferi-lo para a placa. Recomendo ligar a placa na porta USB somente quando terminar de montar o circuito para evitar acidentes que gerem curto-circuito que podem danificar sua placa.

Aguarde a placa ser reconhecida pelo IDE e envie o programa para ela. O led deverá começar a acender e apagar a cada um segundo.

Onde encontrar alguns componentes:

Obrigado pela atenção e até o próximo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *