Alguns componentes elétricos básicos

Olá a todos,

nesse post será descrito alguns componentes elétricos básicos para montarmos os circuitos dos nossos projetos. Alguns desses componentes serão utilizados somente durante a prototipagem enquanto outros farão parte permanente das nossas soluções.

Protoboard

Protoboard e as conexões entre os furos
Protoboard e as conexões entre os furos

O primeiro componente, normalmente utilizado somente durante a prototipagem, é a protoboard.

A protoboard é uma placa de prototipagem que possui diversos furos para encaixarmos os componentes eletrônicos e conectá-los com o uso dos cabos de ligação. Os furos em linha são interligados para conectarmos diversos componentes sem o uso de cabos simplificando a montagem dos circuitos. Essas interligações estão mostradas na figura acima pelas linhas vermelhas.

Cabos jumper

Cabo jumper do tipo macho-macho
Cabo jumper do tipo macho-macho

 

Utilizamos os cabos de ligação do tipo jumper para montarmos nossos circuitos com o auxilio da protoboard. Esses cabos permitem montarmos os circuitos conectando os pinos dos componentes e das placas ao protoboard. Existem três tipos de cabos cumpres, com diferentes comprimentos:

  • macho-macho: cabo que possuí pinos de conexão nas duas pontas;
  • macho-femea: cabo que possuí pino de conexão em uma das pontas e um orifício para conexão da outra ponta;
  • femea-femea: cabo que possuí orifício de conexão nas duas pontas.

Led

Leds
Leds

Led é um componente elétrico que emite luz quando circula corrente por ele. Note que um dos terminais (também chamados perninhas) é maior que o outro, indicando o lado correto que o componente deve ser ligado. Utilizamos leds nos circuitos para sinalizarmos que o circuito está energizado ou que algo está acontecendo.

Resistores

Resistors
Resistors

Resistor é um componente que apresenta resistência para a passagem de corrente elétrica limitando essa corrente no circuito. Utilizamos os resistores para evitarmos curto-circuito que podem danificar nossa placa e outros componentes ou para controlar a corrente elétrica. Existem resistores com diversos valores de resistência.

Você pode conferir o valor de um resistor a partir das faixas coloridas que estão no corpo do componente. A tabela abaixo fornece os valores de cada faixa:

Cor Valor
Preto 0
Marrom 1
Vermelho 2
Laranja 3
Amarelo 4
Verde 5
Azul 6
Violeta 7
Cinza 8
Branco 9

O valor do resistor pode ser calculado pela segunda fórmula:

[(10 x F1) + F2] x 10F3

Onde:

  • F1 = valor da primeira faixa;
  • F2 = valor da segunda faixa;
  • F3 = valor da terceira faixa.

A quarta faixa é a margem de erro do resistor, onde a faixa dourada significa +/-5% e a faixa prateada +/-10%.

Potenciômetro

 

Potenciômetro
Potenciômetro

Um potenciômetro é um resistor que podemos variar o valor de sua resistência. Esse componente possui três terminais, porém apenas o terminal central possui resistência variável. A resistência é variada ao giramos a haste que movimenta um cursor ligado ao terminal central sobre um resistor que está conectado aos outros dois pinos.

Buzzer

Buzzer
Buzzer

Buzzer é um componente que emite som quando é atravessado por uma corrente elétrica. Assim como os leds esse componente tem um terminal positivo e outro negativo, ou seja, devemos tomar cuidado para não invertermos os pinos. Podemos utilizar buzzer para emitir indicadores sonoros como alarmes.

Micro botões (microswitch)

Micro Botão
Micro Botão

Um micro botão é um botão que ao pressionarmos um circuito interno é fechado e outro é aberto. Utilizamos esse componente para disparar um evento que pode iniciar ou interromper uma ação em nossos projetos.

Ao utilizar um micro botão deve-se conferir se estamos utilizando os terminais corretos, pois existem terminais que são fechados com o botão não pressionado mas que serão abertos quando pressionarmos o botão e outros terminais que possuem o comportamento contrário.

Sensor de luminosidade LDR

Sensor de luminosidade do tipo LDR
Sensor de luminosidade do tipo LDR

O sensor de luminosidade também é conhecido como fotoresistor. Ele apresenta resistência variável de acordo com a luminosidade que incide sobre ele, ou seja, quanto mais claro menor será a resistência do componente, consumindo menos tensão. Portanto esse componente pode ser utilizado para disparamos ações baseados na intensidade de luz do ambiente ou que está direcionado para ele.

Sensor de temperatura

Sensor de temperatura LM35
Sensor de temperatura LM35

Sensores de temperatura são utilizados para disparar algum evento em nossos projetos. Esse tipo de componentes apresenta resistência variável de acordo com a temperatura que está exposto.

Podemos utilizar shields prontos, tanto para Arduino como para Raspberry PI ou componentes elétricos, como o sensor LM35. O sensor de temperatura LM35 normalmente é mais barato que shields e possuí a vantagem que ele varia a resistência do terminal central de forma proporcional à temperatura em graus Celsius (°C).

Finalizamos aqui o conteúdo desse post. Deixem comentários caso tenham dúvidas ou quiserem que seja adicionado outros componentes no post.

Um abraço e até o próximo post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *